segunda-feira, outubro 23, 2017
Início > Saúde e bem-estar > Como identificar e corrigir má postura e dores nas costas em crianças?

Como identificar e corrigir má postura e dores nas costas em crianças?

As crianças estão passando cada vez mais tempo apegadas a vídeo-games, tablets e outras práticas relacionadas à postura incorreta do corpo, e, por isso, o aumento das queixas relacionadas à dor nas costas. Fatores como convergências oculares e a forma de pisar ou mastigar também podem causar um desequilíbrio postural; por isso, é importante que pais e responsáveis estejam atentos aos sintomas.

A fisioterapeuta Patricia Prieto, da clínica Espaço Pathricia Prieto, em São Paulo, explica que é possível identificar esses problemas observando possíveis assimetrias no corpo da criança.

“A diferença na altura dos ombros ou do ângulo da cintura podem ser um sinal de má postura. Além disso, crianças que sofrem muitas quedas também podem estar com desvios na coluna”, aponta.

A profissional esclarece que o tratamento depende muito de cada caso, mas geralmente são utilizadas técnicas específicas como Reeducação Postural Global (RPG) e fisioterapia convencional para alívio da dor.

“Quando esse desequilíbrio é causado pela pisada incorreta, é indicada a palmilha postural para a correção da coluna. Quando a causa é a mordida, a criança é encaminhada ao ortodontista para a produção de um aparelho”, explica.

Segundo a fisioterapeuta, evitar carregar bolsas e mochilas muito pesadas e controlar o tempo que a criança brinca com vídeo-games são alguns exemplos do que pode ser feito para evitar a má postura, que pode ser agravada na vida adulta gerando quadros de lombalgia, hiperlordose, hérnias de disco e outros problemas nas articulações e músculos do corpo.

“É importante que as crianças passem por um check-up postural antes do famoso ‘estirão’, pois nessa fase é mais fácil corrigir a estrutura óssea, já que tudo é mais flexível e a coluna tem maior mobilidade”, explica Patricia.

Os check-ups vão identificar a origem das dores, além de facilitar a correção da postura e a diminuição do desconforto.

Gostou do conteúdo? Então, deixe seu comentário; ele é muito importante para mim. Envie sua sugestão de novos assuntos pelo Messenger. Curta e siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, Twitter e Instagram; e inscreva-se no canal no YouTube.


000
Maurício Araya
Jornalista graduado (DRT-MA nº 1.139), com ênfase em produção de conteúdo para web, edição de fotos e vídeos e desenvolvimento de infográficos; com passagem pelas redações do Imirante.com e G1 Maranhão; e vencedor de duas etapas estaduais do Prêmio Sebrae de Jornalismo, categoria Webjornalismo
http://www.mauricioaraya.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *